Wagner  da Silva

Wagner da Silva

Sales Representatives

Mobile:
905-449-8705
Office:
1-888-472-2767
Email Me
Rosa  da Silva

Rosa da Silva

Sales Representative

Mobile:
905-447-6895
Office:
1-888-472-2767
Toll Free:
Email Me
Wagner  da Silva

Wagner da Silva

Sales Representatives

Coldwell Banker - R.M.R. Real Estate, Brokerage *

Mobile:
905-449-8705
Office:
1-888-472-2767
Email Me

Novas regras para AirBnb em Toronto

 

 

MUDANÇA DAS REGRAS DE AIRBNB EM TORONTO VÃO SACUDIR O MERCADO.

Recentemente uma decisão num tribunal em Toronto vão mudar profundamente as regras de funcionamento do AirBnB em Toronto. 

Após dois anos  que foi iniciado uma ação o “The Local Planning and Appeal Tribunal (LPAT)”  Tribunal Local de Planejamento e apelação  deu ganho de causa  em favor de restringir as regras de funcionamento dos aluguéis de curto prazo, leia-se AirBnB e outros semelhantes.

Com isso vamos entrar em uma nova era com grandes mudanças nos sistema de aluguel de curto prazo, o que deve gerar outras mudanças no comportamento dos investidores e outras pessoas que estavam utilizando este serviço.

Novas Regras para Airbnb

De acordo com a decisão da corte, apenas residências primárias (ou seja aqueles que moram no casa) podem fazer alugueis to tipo Airbnb. Isso significa que os proprietários devem morar no mesmo local que estão alugando.

As chamadas “Secondary suites” ou basement apartments ou “non-primary” (ou casas que o dono não mora nela)  NÃO PODEM SER UTILIZADOS PARA AIRBNB

A nova legislação “by-law” como são conhecidas por aqui, podem alugar no máximo 3 quartos para estadias de menos de 28 dias consecutivos.

Os proprietários “Landlord" podem alugar sua casa por inteira para curto prazo no máximo por 180 dias anualmente caso não estejam presentes no imóvel.

Quem desejar fazer alugueis de curto prazo (leia-se Airbnb) tem que registrar na prefeitura pagar $50 dólares e os alugueis estão sujeitos a 4% de taxas municipais Municipal Accommodation Tax (MAT).

As empresas que administram os Airbnb tem que pagar uma application fee e serão cobrados $1 por cada noite que for alugado, e poderão pagar o MAT em nome de seus clientes.

O que vai acontecer…

Estas regras devem colocar um fim nos investidores que estavam comprando imóveis apenas para esta finalidade. Existe uma estimativa de que pelo menos 1/3 do locais atualmente utilizados para Airbnb vão desaparecer. Algo como 21,000 imóveis.  Se muitas vezes é difícil achar um Airbnb para quem esta chegando em Toronto imagine com menos 21000 imóveis?

Ainda não sabemos como a cidade vai fazer esta lei ser cumprida, pois existem estimativas de que o governo gastaria em torno de $1.18 milhões de dólares para ter 5 empregados de tempo inteiro. Assim parece que no primeiro momento estas regras vão ser aplicada na base de reclamações “Complains" de vizinhos ou outras pessoas.

Estimasse que em torno de 5,000 unidades devem voltar para o aluguel de longo prazo. Isso pode ajudar um pouco na falta atual de imóveis para alugar.

Qual o impacto de tudo isto

Toronto é de longe o maior mercado de aluguéis de curto prazo no Canada, algo como $214 milhões de dólares vem deste tipo de aluguel que acaba retirando boa parte dos hotéis. 

A maior concentração de Airbnb esta localizado na Water Front Communities algo como 5.3% do imóveis daquele local são utilizado para Airbnb. Muitas reclamações dos demais moradores tem gerado bastante trabalho para a prefeitura.

O que acontece nas outras Cidades da GTA (grande Toronto)

Mississauga é de longe a cidade mais amigável para o sistema de Airbnb, eles vão permitir a utilização dos imóveis para tal, mas os proprietários terão que solicitar um rezoneamento da sua propriedade e tem que ser aprovado.

Markham é de longe o local mais difícil para tal pois o dono do imóvel tem que passar por um processo que pode custar acima de $40,000 dólares e alem disso será permitido no máximo 60 dias por ano. O que praticamente inviabiliza este tipo de operação.

Oakville  as leis são semelhantes a Toronto, precisa também aplicar para uma licença, porem não terá restrições com relação aos basement como em Toronto.

Vaughan esta aprovando suas leis agora em dezembro, e querem restringir a apenas uma unidade por propriedade, ou seja um quarto apenas. Alem disto deverá ter taxas em $500 e $10,000 dólares.

Burlington, Newmarket, Oshawa e Richmond Hill estão ainda no processo de análise das regras para o sistema de Airbnb.

Em fim ainda existe lugar para alguns apelos, mas parece que Toronto vai servir de exemplo para as demais cidades no Canadá 

Como sempre vamos encontrar algumas pessoas que vão tentar burlar esta nova lei, porém não se esqueçam que não serão apenas os proprietário (landlord) mas as empresa como Airbnb, VRBO, Expedia, HomeAway e Flipkey serão monitoradas.

Todas esta regras podem dificultar um pouco mais especialmente aqueles que estão chegando em Toronto seja para uma temporada ou mesmo tentando mudar para esta região. Vamos acompanhar o assunto.

Deixe seus comentários sobre este assunto. 

Have Questions?